bg.jpg
logo.png

XVII BRAZILIAN CONGRESS OF OBSTETRICS AND GYNECOLOGY
of CHILDHOOD AND ADOLESCENCE and

2nd ONLINE CONGRESS of SOGIA-BR

INCIDÊNCIA DE SOBREPESO E OBESIDADE EM MULHERES ADOLESCENTES NA CIDADE DE MANAUS NO PERÍODO DE 2011 A 2019

Autor: Sigrid Maria Loureiro de Queiroz Cardoso. Co-autores: Bruno Consul de Almeida , Allan Victor Bastos Germano. Ana Luzia Batista de Oliveira , Catharine Menezes Mota.

Palavras-chave:

INTRODUÇÃO: A OMS prevê que até 2025 mais de 700 milhões de pessoas se tornem obesas. No Brasil, houve um aumento de 72% na incidência de obesidade em oito anos, saindo de 11,8% em 2011 para 20,3% em 2019. OBJETIVO: avaliar a prevalência dos índices de sobrepeso e obesidade na população feminina adolescente em Manaus-AM, dos dez aos dezenove anos, de 2011 a 2019. MÉTODO: revisão quantitativa e sistemática da literatura presente nas bases de dados VIGITEL, ABESO e DATASUS. RESULTADOS: 55.4% da população brasileira apresenta excesso de peso (IMC ≥ 25), 19.8% da população já está obesa (IMC ≥ 30). E, a nível nacional, a obesidade é mais incidente em mulheres (20.7%) do que em homens (18.7%). Em Manaus, 8% das mulheres adolescentes são obesas. O que configura um aumento de 74% na incidência de obesidade em mulheres adolescentes nos últimos 13 anos. Em adição, evidencia-se que o gradiente da obesidade como função da escolaridade é virtualmente nulo no sexo masculino (inferior ao desvio-padrão, 0.05). Mas, no sexo feminino, o gradiente é negativo (-0.12), com associações lineares e estatisticamente significantes. CONCLUSÕES: Infere-se, pois, a urgência da utilização de políticas públicas mais efetivas na redução da exposição de jovens aos subprodutos alimentares, associada à educação em saúde nutricional e desportiva para adolescente e para seu núcleo familiar.

SPONSORSHIP
Logo_BayerCross_SEBEB_V_CMYK-NOVO.png
EUROFARMA_HORIZ_AZUL.png
theramax.png
GSK - bx.png
nn_logo_rgb_blue_large.png
Logo Organon - alta.png