bg.jpg
logo.png

XVII CONGRESSO BRASILEIRO de OBSTETRÍCIA E GINECOLOGIA
da INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA e

CONGRESSO ONLINE da SOGIA-BR

A TRANSEXUALIDADE NA ADOLESCÊNCIA SOB A ÓTICA DA GINECOLOGIA: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA

Autora - Larissa Oliveira Moreira . Co-autoras: Izabella Fernandes Tibães e Daniela Cristina Machado Tameirão

Palavras-chave:

assistência centrada no paciente; assistência médica; ginecologia; pessoas transgênero; saúde do adolescente

INTRODUÇÃO: Pessoas trans ou não-conformes de gênero (TNG) identificam-se com um gênero diferente daquele correspondente ao seu sexo de nascimento. A demanda por serviços de saúde por famílias com adolescentes transexuais tende a elevar e, assim, é crucial que os ginecologistas sejam cultural e clinicamente competentes para entender suas necessidades específicas, fornecendo cuidados abrangentes e sem julgamentos.

OBJETIVOS: Elucidar as implicações sócio-biológicas ocasionadas pela transexualidade na adolescência sob a ótica da ginecologia.

MÉTODOS: Realizou-se uma revisão sistemática de publicações entre 2016-2020 que tratavam da transexualidade na adolescência e a abordagem da ginecologia.

RESULTADOS: Foram incluídos 9 artigos científicos nessa pesquisa, cujos principais resultados apontaram que adolescentes transgênero não são bem compreendidos na área médica e, como tal, esta população enfrenta barreiras para receber manutenção da saúde e cuidados especializados. É importante que o ginecologista use uma linguagem que demonstre aceitação e abertura, especialmente para aqueles que são TNG. Muitos transexuais relatam ansiedade e evitação em relação a receber cuidados ginecológicos. Recomenda-se, portanto, a realização de exames ginecológicos apenas se clinicamente necessário e após consentimento informado. Práticas clínicas centradas no paciente podem facilitar um ambiente de atendimento, que passa a ser visto como inclusivo para a comunidade transgênero e pode auxiliar e ampliar o acesso e a aceitação aos serviços ginecológicos.

CONCLUSÕES: A transexualidade na adolescência necessita tanto do apoio social e familiar, quanto dos profissionais de saúde. O ginecologista tem papel fundamental na abordagem terapêutica deste público e atua aliviando o sofrimento e a ansiedade em relação às questões ginecológicas.

PATROCÍNIO
Logo_BayerCross_SEBEB_V_CMYK-NOVO.png
EUROFARMA_HORIZ_AZUL.png
theramax.png
GSK - bx.png
nn_logo_rgb_blue_large.png
Logo Organon - alta.png